Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

Jornalista da ‘Vanity Fair’ morto na Líbia

Um jornalista da revista norte-americana ‘Vanity Fair’, Tim Hetherington, foi morto esta quarta-feira em Misrata, e três outros ficaram feridos, por um tiro de morteiro.
20 de Abril de 2011 às 20:06
Jornalista de origem britânica, Tim Hetherington, de 41 anos, fez a cobertura de numerosos conflitos
Jornalista de origem britânica, Tim Hetherington, de 41 anos, fez a cobertura de numerosos conflitos FOTO: d.r.

Jornalista de origem britânica, Tim Hetherington, de 41 anos, tinha  coberto numerosos conflitos e ganhara em 2007 o prestigiado World Press Photo Award pelas suas fotografias de soldados dos Estados Unidos no Afeganistão. 

Este seu trabalho servira também de base ao documentário ‘Restrepo’, que chegou a ser nomeado para os Óscares.  

Um dos jornalistas gravemente feridos é o norte-americano Chris Hondros,  de 41 anos, da agência fotográfica Getty.  

A identidade dos outros dois ainda não foi divulgada.  

Os quatro jornalistas estavam juntos na Rua Tripoli, a avenida principal de Misrata, cidade que está cercada há quase dois meses pelas tropas de Muammar Kadhafi.   

Os combates mais fortes entre os militares do governo e os rebeldes decorrem na Rua Tripoli.  

líbia kadhafi vanity fair jornalistas tripoli confrontos violência
Ver comentários