Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

Jornalista invoca "liberdade de expressão"

O jornalista iraquiano Muntazer al-Zaidi, conhecido por ter atirado os sapatos contra o antigo Presidente dos EUA George W. Bush, deverá alegar esta quarta-feira em tribunal "liberdade de expressão" para justificar a acção.
18 de Fevereiro de 2009 às 11:31
Muntazer al-Zaidi foi considerado um herói pelo mundo árabe
Muntazer al-Zaidi foi considerado um herói pelo mundo árabe FOTO: d.r.

O julgamento de Al-zaidi vai decorrer no tribunal criminal central do Iraque, a entidade judicial competente para assuntos de terrorismo, situado na 'Zona Verde', o sector ultra-protegido na capital iraquiana.

O jornalista da cadeia de televisão Al-Bachdadiya, de 30 anos, incorre numa pena de prisão de 15 anos por 'agressão contra um chefe de Estado estrangeiro'.

O caso remonta a 14 de Dezembro de 2008, quando, durante uma conferência de imprensa conjunta com George W. Bush e o primeiro-ministro iraquiano, Nuri al-Maliki, Al-zaidi levantou-se bruscamente, gritando 'isto é o beijo do adeus, cão'. Então descalçou-se e atirou os sapatos contra o então presidente dos EUA, mas sem lhe acertar.   

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)