Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Jornalista russa: Ordenada nova detenção

Um tribunal de Moscovo ordenou a prisão de mais um suspeito de envolvimento no assassinato da jornalista Anna Politkovskaya, ocorrido em Outubro do ano passado. Com este, são já 11 os indivíduos apontados pelas autoridades russas como estando relacionados com o crime.
29 de Agosto de 2007 às 12:49
Anna Politkovskaya foi assassinada a tiro à porta da sua casa, em Moscovo
Anna Politkovskaya foi assassinada a tiro à porta da sua casa, em Moscovo FOTO: d.r.
De acordo com o que revela a imprensa russa, este novo suspeito é Serguei Khadjikurbanov, antigo agente da Direcção de Moscovo de Combate ao Crime Organizado, que se encontra em parte incerta, pelo que a ordem de prisão ainda não foi cumprida.
Os jornais russos sublinham que a detenção deste antigo agente das forças de segurança é considerada fundamental para esclarecer as eventuais ligações entre a polícia russa e o crime organizado, nomeadamente na morte da jornalista.
Anna Politkovskaya, uma acérrima crítica do regime do actual presidente russo, Vladimir Putin, foi assassinada a tiro à porta da sua casa, em Moscovo, a 7 de Outubro de 2006. Na altura, a jornalista preparava uma reportagem sobre a Tchetchénia.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)