Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

Jovem com doença de "Benjamin Button" morre aos 18 anos em corpo de 144

"Tens que me deixar ir", terão sido umas das últimas palavras da jovem para a mãe.
Correio da Manhã 21 de Julho de 2021 às 20:39
Ashanti Smith e a mãe Phoebe Louise Smith
Ashanti Smith e a mãe Phoebe Louise Smith FOTO: Direitos Reservados/ Facebook

A jovem Ashanti Smith, morreu aos 18 anos no último sábado, vítima da síndrome de Huntchinson-Gilford, uma doença rara de envelhecimento acelerado, geralmente chamada como "doença de Benjamin Button".

A jovem, do Reino Unido, morreu semanas depois de completar 18 anos, num corpo de uma pessoa de 144 e a mãe, Phoebe Louise Smith, prestou-lhe uma última homenagem, lembrando como era uma pessoa "brilhante" e "bonita", de acordo com o jornal Mirror.

Ashanti morreu ao lado dos pais e de uma grande amiga, de 25 anos. Algumas das suas palavras finais para a mãe terão sido "tens que me deixar ir".

"A vida de Ashanti foi uma alegria. Embora a progéria tenha afetado a sua mobilidade, não afetou mais nada", disse a mãe, Phoebe. "Ela era uma típica adolescente de 18 anos e eu adorava tudo nela. Ela era brilhante, ela era idiota. Dizia o que pensava e todos sabiam disso", recordou.

Benjamin Button Ashanti Smith Huntchinson-Gilford Phoebe Louise Smith questões sociais morte
Ver comentários