Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
7

Jovem grávida descobre que não tem um bebé, mas sim um tumor

Grace recebeu o diagnóstico depois de perder sangue e decidir ir ao médico, com medo de sofrer um aborto.
Correio da Manhã 8 de Setembro de 2019 às 08:23
Grace Baker-Padden e Joe Cowling
Grace Baker-Padden e Joe Cowling
Grace Baker-Padden e Joe Cowling
Grace Baker-Padden e Joe Cowling
Grace Baker-Padden e Joe Cowling
Grace Baker-Padden e Joe Cowling
Grace Baker-Padden e Joe Cowling
Grace Baker-Padden e Joe Cowling
Grace Baker-Padden e Joe Cowling

Um jovem casal do Reino Unido recebeu uma triste notícia em fevereiro do ano passado quando foram ao médico, supostamente para realizar uma consulta das 12 semanas de gravidez, e perceberam que em vez de estar grávida, Grace Baker-Padden tinha um tumor. 

De acordo com o jornal britânico The Mirror, a gravidez de Grace foi uma surpresa desde o início, uma vez que a jovem de 23 anos tomava a pílula na altura em que engravidou. 

Foi depois de realizar quatro testes de gravidez que Grace e Joe Cowling descobriram que, supostamente, iam ser pais. No entanto, numa consulta de rotina perceberam que Grace tinha um tumor que lhe provocava os mesmos sintomas de uma gravidez.

Ao jornal britânico a jovem revelou que receber esta notícia "foi um choque". "Planeei este novo futuro em família e, de repente, já não existe bebé e a minha vida pode estar em perigo", contou Grace afirmando que, quando soube o que se passava, só queria que lhe removessem "aquela massa horrível".

O jovem casal desvendou que já tinham começado a pensar em nomes para dar ao bebé quando receberam este trágico diagnóstico. Também os pais de ambos estavam ansiosos para ser avós pela primeira vez.

Grace revelou ainda que foi ao hospital a esta consulta de rotina depois de ter sangrado. Com medo de poder estar a sofrer um aborto, foi a um especialista que concluiu que afinal a mulher não estava grávida.

O diagnóstico médico revelou que Grace tinha uma falsa gravidez causada por um óvulo que não tinha fertilizado e que, por causa disso, ficou alojado no útero.

Os médicos conseguiram remover o tumor de Grace dois dias depois do diagnóstico e a jovem já fez um tratamento para que os níveis hormonais regulem e voltem à normalidade.

Apesar de querem muito ter filhos, o jovem casal revelou que agora têm "medo de voltar a tentar". "Vamos esperar um pouco", afirmou Grace.

Reino Unido Grace Baker-Padden questões sociais saúde planeamento familiar especialidades médicas
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)