Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

Jovem morre antes de ataque a escola

A Polícia alemã encontrou ontem um cadáver de um jovem estudante, junto à casa dos pais, que estava a ser procurado na região de Baden-Wuerttenberg, por ter ameaçado desencadear um tiroteio numa escola.
7 de Dezembro de 2006 às 00:00
A Polícia montou um dispositivo de segurança para proteger as escolas
A Polícia montou um dispositivo de segurança para proteger as escolas FOTO: Patrick Seeger/EPA
Segundo as autoridades, o corpo, encontrado num bosque, “é, muito provavelmente”, do suspeito que estava a ser procurado e que, “ao que tudo indica”, se suicidou.
A descoberta deste caso terá começado quando dois alunos que estavam na internet a jogar ‘Counter-Strike’, um jogo violento muito popular entre os adolescentes, entraram em contacto com um desconhecido, através de um ‘chat’. O indivíduo ter-lhes-á dito que no Dia de S. Nicolau, que ontem se celebrou na Alemanha, tencionava assaltar uma escola em Baden-Wuerttemberg. Foi então que os dois alunos resolveram informar a Polícia.
Logo após o início da investigação, os polícias descobriram que da casa do jovem, que não foi identificado, desaparecera uma pistola da II Guerra Mundial, uma herança do seu avô. O pai do suspeito confessou que, nos últimos tempos, o filho dava a impressão de que se queria matar e interessava-se por jogos de computadores de conteúdos violentos. Os colegas revelaram também que ele era muito introvertido e tinha problemas na escola.
Apesar de vários indícios, a Polícia ainda não conseguiu esclarecer se as ameaças de tiroteio na escola anunciadas através da internet foram mesmo feitas pelo jovem que se terá suicidado. Recorde-se que, há duas semanas, um jovem suicida, de 18 anos, feriu 37 pessoas a tiro e com bombas de fumo na Escola de Emsdetten, na Alemanha, antes de se suicidar.
Ver comentários