Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

Juiz afastado porque deixava mulher mandar no tribunal

O Tribunal de Justiça de Pernambuco, no Brasil, afastou o juiz José Francisco de Almeida da comarca de São José do Egito, onde a mulher dele, Maria do Socorro Almeida, mesmo sem ser juíza interferia sistematicamente nas decisões judiciais, avança a edição on-line do jornal 'O Globo'.
28 de Abril de 2010 às 10:11
Mulher interferia nas decisões judiciais
Mulher interferia nas decisões judiciais FOTO: DR
A mulher do juiz chegava inclusivamente a decidir valores da pensão de alimentos, em processos relacionados com menores. Por enquanto o juiz foi afastado temporariamente até este caso ser devidamente investigado uma vez que várias testemunhas que trabalham no tribunal queixaram-se das interferências desta mulher.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)