Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
7

Juiz de caso Saddam apresenta demissão

O juiz presidente do colectivo responsável pelo julgamento de Saddam Hussein apresentou a demissão alegando estar a sofrer pressões do governo para ser mais severo com o antigo ditador.
15 de Janeiro de 2006 às 00:00
O juiz Rizgar Amin
O juiz Rizgar Amin FOTO: Bob Strong, Reuters
A resignação de Rizgar Mohammed Amin, de 48 anos, foi apresentada há alguns dias mas ao fim da tarde de ontem ainda não tinha sido aceite pelos responsáveis judiciais.
Segundo declarações de uma fonte anónima próxima do processo, Amin está indignado com as pressões do governo “que quer ver o julgamento acelerado”, e com as críticas de líderes xiitas, segundo os quais tem sido concedido demasiado tempo a Saddam para apresentar alegações.
Mesmo que Amin aceite manter-se no julgamento a verdade é que este incidente reforça a posição dos grupos que consideram não haver condições de imparcialidade para julgar o antigo homem forte do Iraque.
“A defesa há muito que vem alertando para os perigos da pressão política que condiciona a independência e integridade do tribunal”, afirmou Khalil Dulaimi, principal advogado do ex-presidente.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)