Juncker defende fim da mudança da hora

"Os europeus não vão aplaudir-nos se continuarmos a mudar a hora duas vezes por ano", afirma o presidente da Comissão Europeia.
12.09.18
  • partilhe
  • 7
  • +
O presidente da Comissão Europeia defendeu esta quarta-feira a supressão da mudança da hora, responsabilizando cada Estado-membro por escolher o horário de inverno ou de verão no seu último discurso sobre o "Estado da União".

"Em maio de 2019 [data das eleições europeias], os europeus não vão aplaudir-nos se continuarmos a mudar a hora duas vezes por ano. A mudança da hora deve ser suprimida. Os Estados-membros devem decidir por si próprios se querem que os cidadãos vivam no horário de verão ou no de inverno", indicou diante do Parlamento Europeu (PE), em Estrasburgo.

Em 31 de agosto, a Comissão Europeia revelou que uma maioria "muito clara" de 84% dos cidadãos europeus pronunciaram-se a favor do fim da mudança de hora na consulta pública realizada este verão.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!