Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

Kaemi mata na China

O número de mortos e desaparecidos à passagem da tempestade tropical ‘Kaemi’ pelas províncias do leste e do centro da China atingiu já as cerca de 100 pessoas, revela esta sexta-feira a agência noticiosa oficial chinesa Nova China.
28 de Julho de 2006 às 09:38
Segundo os dados oficiais, chegam já a 32 os mortos causados pelo ‘Kaemi’ que atingiu a costa meridional da China na passada terça-feira, antes da sua intensidade ter diminuído de tufão para tempestade tropical.
O ‘Kaemi’, que significa formiga em coreano, fez ainda pelo menos mais 65 desaparecidos, segundo funcionários do Departamento Central de Controlo de Cheias.
A tempestade está a mover-se de forma gradual para o interior da China, em direcção a norte, deixando um rastro de destruição nas províncias de Guangdong e Hunan (sul do país), Fujian e Jiangxi (no leste), obrigando à fuga de mais de um milhão de pessoas.
Refira-se que o ‘Kaemi’ causou aluimentos de terras e cheias, com o pior acidente até ocorrer em Jiangxi, onde as águas destruíram um quartel militar, deixando seis soldados mortos e 38 soldados e familiares desaparecidos.
Ver comentários