Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

Kiev pede empréstimo à UE para pagar gás russo

Autoridades ucranianas pediram empréstimo de 2 mil milhões de euros à União Europeia.
21 de Outubro de 2014 às 17:15
Ministro da Energia ucraniano, Yuri Prodan, chega à reunião entre UE, Rússia e Ucrânia, que decorre em Bruxelas
Ministro da Energia ucraniano, Yuri Prodan, chega à reunião entre UE, Rússia e Ucrânia, que decorre em Bruxelas FOTO: François Lenoir/REUTERS

A Ucrânia pediu um empréstimo de 2 mil milhões de euros à União Europeia (UE) para pagar a dívida de gás à Rússia, anunciou hoje um porta-voz da Comissão Europeia.

O pedido, formulado durante uma reunião ministerial UE-Ucrânia-Rússia para resolver o diferendo sobre o gás, "vai agora ser avaliado em consultas com o Fundo Monetário Internacional (FMI) e as autoridades ucranianas", disse o porta-voz, Simon O'Connor. Com base nessa avaliação, a Comissão "fará uma proposta ao Parlamento Europeu e ao conselho", que representa os Estados-membros.


A Ucrânia e a Rússia discutem atualmente, com a mediação europeia, um "acordo provisório" para o pagamento pela Ucrânia de 3,1 mil milhões de dólares (2,4 mil milhões de euros) de faturas em atraso à petrolífera estatal russa Gazprom, dois mil milhões dos quais têm de ser pagos até ao final de outubro.

Ucrânia União Europeia UE empréstimo pagar gás Rússia
Ver comentários