Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

Kim Jong-un volta a ameaçar os EUA com armas nucleares

"O botão nuclear está na minha secretária", garante líder norte-coreano.
Ricardo Ramos 2 de Janeiro de 2018 às 01:30
A carregar o vídeo ...
"O botão nuclear está na minha secretária", garante líder norte-coreano.
O líder norte-coreano Kim Jong-un garantiu ontem que mantém o "botão nuclear" em cima da secretária mas manifestou abertura ao diálogo com a Coreia do Sul.

Na sua habitual mensagem de Ano Novo, que é sempre cuidadosamente escrutinada pelos analistas ocidentais em busca de pistas sobre as reais intenções do regime comunista, Kim Jong-un voltou a elogiar a capacidade nuclear da Coreia do Norte, mas garantiu que a mesma apenas será usada em caso de ameaça extrema.

"Todo o território dos EUA está ao alcance do nosso arsenal nuclear e o botão nuclear está sempre em cima da minha secretária. Isto é uma realidade, não uma ameaça", constatou o líder norte-coreano, acrescentando que deu ordens para a "produção em massa de ogivas nucleares e mísseis intercontinentais e para acelerar a sua instalação".

Não obstante, garantiu que a Coreia do Norte é "uma potência nuclear responsável e amante da paz" e estendeu a mão à Coreia do Sul, afirmando que os dois países precisam de "trabalhar em conjunto para reduzir a tensão militar e criar um ambiente pacífico" na península coreana. Admitiu, nesse sentido, enviar atletas para participar nos Jogos Olímpicos de Inverno que vão decorrer em Pyeongchang, Coreia do Sul, decisão que foi saudada pelo governo de Seul.

Os EUA ainda não comentaram. Questionado pelos jornalistas durante o festejos de Ano Novo em Mar-a-Lago, Donald Trump limitou-se a dizer: "Veremos, veremos."
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)