Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

Ladrão mata cobrador por não haver dinheiro em autocarro

O cobrador de um autocarro assaltado no final da noite deste domingo, 26, em Colombo, no estado brasileiro do Paraná, foi assassinado por um dos ladrões por não ter dinheiro para lhe dar, em mais um caso em que um inocente perde a vida por não ter o que o criminoso queria.
27 de Maio de 2013 às 15:08

Isaías Cordeiro da Silva, de 42 anos, foi baleado à queima-roupa com um tiro no peito e morreu pouco depois de chegar ao hospital.

Os ladrões, que se presume serem menores devido à aparência, entraram no coletivo cerca das 23h00 no Terminal Guaraituba, com destino ao bairro Cabral.

A certa altura, na Estrada da Ribeira, empunharam armas e anunciaram o assalto, exigindo ao cobrador que entregasse todo o dinheiro do caixa do veículo.

Isaías mostrou o caixa praticamente vazio, apenas com algumas moedas, e explicou que os poucos passageiros tinham pago a passagem com cartões magnéticos dos transportes, muito usados no Brasil.

Os ladrões ficaram furiosos e um deles apontou a arma para o cobrador e disparou, após o que ele e os outros criminosos fugiram.

No Brasil, são cada vez mais comuns as mortes de inocentes por não terem o dinheiro que os ladrões querem.

Este mês, um idoso sofreu ferimentos graves ao ter o corpo coberto com soda cáustica por ladrões que invadiram a casa dele, no interior de São Paulo, e ficaram irritados por não encontrarem o dinheiro e as jóias que imaginavam estarem lá, e uma dentista foi regada com álcool e queimada viva por assaltantes no seu consultório, na área metropolitana da capital paulista, por também não ter dinheiro ali no momento.

assalto roubo colombo paraná autocarro caixa
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)