Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
7

Legalização total de canábis rejeitada na Califórnia

Os eleitores da Califórnia rejeitaram esta quarta-feira a legalização do consumo, comercialização e cultivo de canábis, votando largamente contra a chamada "proposta 19".
3 de Novembro de 2010 às 08:43
Canábis, Califórnia, EUA
Canábis, Califórnia, EUA FOTO: d.r.

As últimas projecções dos media norte-americanos indicam 57 por cento de "não" à proposta, e apenas 43 por cento de "sim", num Estado onde o consumo médico é legal desde 1996.

Este foi um dos vários referendos hoje realizado em vários Estados, nas eleições intercalares em que os norte-americanos escolheram novos representantes para o Senado, Câmara dos Representantes, governos estaduais e administração local.

A proposta, considerada mais liberal em relação ao estupefaciente do que o regime em vigor na Holanda, autorizava os californianos maiores de 21 anos a ter em sua posse até 28,35 gramas de canábis e a cultivar uma superfície máxima de 2,32 metros quadrados.

As câmaras seriam autorizadas a administrar o cultivo em grande escala de canábis, bem como a aplicação de taxas, o que permitiria a entrada de substanciais receitas fiscais.

Entre os opositores estavam o governador eleito do Estado, o democrata Jerry Brown, e o seu antecessor Arnold Schwarzenegger.

Também a administração e a agência federal anti-droga se opunham e ameaçavam contestar a proposta, em caso de aprovação.

Canábis Califórnia EUA
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)