Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

Revolta, chamas e gás lacrimogéneo: Libaneses saem à rua em Beirute em protesto contra o regime dois dias após explosões

“Revolução” e “O povo quer o fim do regime” foram algumas das palavras de ordem dos populares.
Correio da Manhã 7 de Agosto de 2020 às 08:34
Libaneses saem à rua em Beirute para protestar contra o regime, dois dias após explosões
Libaneses saem à rua em Beirute para protestar contra o regime, dois dias após explosões
Libaneses saem à rua em Beirute para protestar contra o regime, dois dias após explosões
Libaneses saem à rua em Beirute para protestar contra o regime, dois dias após explosões
Libaneses saem à rua em Beirute para protestar contra o regime, dois dias após explosões
Libaneses saem à rua em Beirute para protestar contra o regime, dois dias após explosões
Libaneses saem à rua em Beirute para protestar contra o regime, dois dias após explosões
Libaneses saem à rua em Beirute para protestar contra o regime, dois dias após explosões
Libaneses saem à rua em Beirute para protestar contra o regime, dois dias após explosões
Libaneses saem à rua em Beirute para protestar contra o regime, dois dias após explosões
Libaneses saem à rua em Beirute para protestar contra o regime, dois dias após explosões
Libaneses saem à rua em Beirute para protestar contra o regime, dois dias após explosões
Dois dias após a violenta explosão que matou pelo menos 145 pessoas e fez mais de cinco mil feridos, os habitantes de Beirute, no Líbano, saíram esta quinta-feira à rua para exigir respostas, mas também reformas políticas e o fim da corrupção governamental que contribuiu para a tragédia.

“Revolução” e “O povo quer o fim do regime” foram algumas das palavras de ordem dos populares que se juntaram junto à zona mais atingida pela explosão para exigir o fim do ciclo de corrupção, incúria e violência que mergulhou o Líbano numa grave crise muito antes da tragédia que se abateu sobre a cidade na terça-feira.

As autoridades dispararam gás lacrimogéneo contra os manifestantes que arremessaram pedras contra as forças de segurança e atearam pequenos focos de incêndio. Alguns acabaram mesmo por ficar feridos.
Beirute Líbano distúrbios guerras e conflitos agitação civil
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)