Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

Libertados suspeitos de terrorismo

Seis de oito cidadãos estrangeiros suspeitos de terrorismo, detidos no Reino Unido sem uma acusação formal, foram libertados esta sexta-feira sob condições especiais. Entre os detidos, encontra-se o palestiniano Abu Qatada, conhecido como o "embaixador" de Osama bin Laden na Europa.
11 de Março de 2005 às 15:32
Segundo o ministério do Interior britânico, os seis indivíduos colocados em liberdade são obrigados a usar pulseira electrónica – para serem localizados em qualquer altura -, estão proibidos de ter ou usar telemóvel e Internet, devem residir em morada conhecida e terão de respeitar um recolher obrigatório entre as 19h00 e as 7h00.
Os seis homens, suspeitos de terrorismo, estiveram sob custódia das autoridades britânicas nos últimos três anos, sendo detidos ao abrigo da actual lei anti-terrorista britânica, que autoriza a detenção sem acusação formal e sem processo jurídico.
Entre os detidos, está Abu Qatada 44 anos, um fundamentalista islâmico palestiniano, nascido na Jordânia, muitas vezes apresentado como o chefe da Al-Qaeda na Europa. Qatada encontrava-se no Reino Unidos sob abrigo de asilo político desde 1994.
A libertação dos seis alegados terroristas surge numa altura em que o Parlamento britânico mantém pressão sobre a Câmara dos Lordes, para que esta aceite a decisão do governo para permitir a adopção da nova lei anti-terrorista. Esta legislação expira domingo à meia-noite, depois de ter sido introduzida pelo governo britânico em resposta aos atentados de 11 de Setembro de 2001 nos Estados Unidos.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)