Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

Líbia: Cinco mortes em ataque da NATO

Pelo menos cinco pessoas de uma família, entre elas duas crianças, morreram na noite de sábado para hoje na sequência de um ataque da NATO num bairro habitacional de Tripoli, segundo as autoridades.
19 de Junho de 2011 às 10:14
líbia, tripoli, nato, ataques, mortes
líbia, tripoli, nato, ataques, mortes FOTO: Mohamed Messara/Epa

Segundo o governo líbio, um imóvel de dois andares, no qual viviam cinco famílias, situado no bairro Al-Arada, a leste de Tripoli, foi destruído pelos bombardeamentos.  

O porta-voz do regime líbio Moussa Ibrahim acusou a NATO de cometer actos bárbaros visando civis de forma deliberada. Pelo menos duas outras casas vizinhas foram atingidas pelo raid da NATO.  

Dois corpos foram retirados dos escombros, na frente de correspondentes da imprensa internacional, levados ao local pelas autoridades, onde dezenas de populares se tinham reunido.  

No hospital de Tripoli os jornalistas puderam ver os corpos de duas crianças de menos de dois anos e o de uma mulher, membros da mesma família.  

Moussa Ibrahim disse que pelo menos 15 pessoas da família Al-Gharari viviam no imóvel, pelo que o balanço de vítimas pode ser superior. O porta-voz acusou os dirigentes dos Estados Unidos, Reino Unido, França e Itália, que conduzem as operações militares na Líbia, de serem responsáveis "moral e legalmente por estas mortes".  

O responsável do governo frisou que não se tratava de propaganda e que o ataque não era algo que se pudesse encenar. O regime líbio tenta mostrar-se credível depois de jornalistas terem colocado dúvidas sobre as causas da morte de uma criança, apresentada como vítima de ataques da ONU quando na verdade tinha sido ferida num acidente rodoviário, segundo um elemento do hospital.  

líbia tripoli nato ataques mortes
Ver comentários