Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Líbia: Diplomatas britânicos no leste para falar com rebeldes

O secretário de defesa do Reino Unido confirmou, este domingo,a presença de um grupo de diplomatas britânicos no leste da Líbia com o intuito de iniciar conversações com os rebeldes. Segundo o jornal britânico 'Sunday Times', os opositores ao regime terão detido um grupo de soldados e o diplomata que escoltavam.
6 de Março de 2011 às 12:45
Liam Fox, o secretário de defesa britânico, não comenta as informações avançadas pelo Sunday Times
Liam Fox, o secretário de defesa britânico, não comenta as informações avançadas pelo Sunday Times FOTO: Agência

O 'Sunday Times' avançou que membros de uma unidade das forças especiais britânicas teriam sido detidos, no sábado, juntamente com um diplomata que escoltavam, por rebeldes líbios no leste do país.

De acordo com a Lusa, Liam Fox, o secretário de defesa britânico, recusou-se a comentar tal informação. "Estamos em contacto com eles [diplomatas], mas seria inadequado tecer mais comentários sobre isto por razões que tenho a certeza que entendem.", disse o governante à BBC.

O mesmo jornal acrescenta que os soldados detidos foram levados para Benghazi, a principal cidade do país controlada pelos rebeldes.

ATAQUE AÉREO AOS REBELDES A OESTE DE TRIPOLI

Também neste domingo a aviação líbia lançou ataques aéreos contra um grupo da oposição no Oeste de Tripoli, segundo a agência Associated Press, citada pela Lusa.

O ataque aéreo visou um acampamento da oposição, situado numa antiga base militar, não tendo provocado vítimas mortais.

As mesmas fontes também dão conta de vários combates em terra entre as forças fiéis a Kadhafi e o grupo de opositores ao regime.

Líbia Reino Unido Liam Fox Muammar Kadhafi Benghazi Sunday Times Rebeldes
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)