Líder da oposição denuncia "emboscada" de militares na Venezuela

Capriles anuncia manifestações mais prolongadas e com mais resistência nas ruas.
Por Lusa|30.05.17
  • partilhe
  • 0
  • +
O governador do Estado venezuelano de Miranda, Henrique Capriles, disse esta segunda-feira que foi atacado por um grupo de funcionários da polícia militarizada Guardia Nacional no final de um protesto antigovernamental.

"Fomos agora emboscados nas Mercedes por efetivos da GNB, roubados, golpeados, toda a minha equipa está ferida!", disse o ex-candidato da oposição Henrique Capriles Radonski através da sua conta na rede social Twitter.

A oposição venezuelana anunciou que os protestos vão iniciar uma nova etapa, com manifestações mais prolongadas e com mais resistência nas ruas de Caracas e outras cidades, contra o Presidente Nicolás Maduro.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!