Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

Líder supremo do Irão acusa EUA de instigar manifestações no país

"O inimigo depende dos protestos populares para atacar o sistema islâmico", afirma Ali Khamenei.
Lusa 4 de Junho de 2022 às 12:53
Ali Khamenei
Ali Khamenei FOTO: Getty Images
O líder supremo iraniano, Ali Khamenei, acusou este sábado "o inimigo", nomeadamente os Estados Unidos, de explorar e instigar os protestos nas últimas semanas que têm surgido no país a denunciar o aumento dos preços e a corrupção.

"Hoje, o inimigo depende dos protestos populares para atacar o sistema islâmico", afirmou Khamenei, num discurso para uma multidão reunida no mausoléu dedicada ao 'ayatollah' Khomenei, no âmbito do aniversário da morte do fundador da República Islâmica.

A declaração surge após uma vaga de manifestações contra o aumento dos preços dos alimentos básicos, um movimento que reacendeu-se após o colapso, na semana passada, de um edifício em Abadan, na província de Khouzestan, no sudoeste iraniano, em que se registaram pelo menos 37 mortes.

Irão EUA Estados Unidos Ali Khamenei política distúrbios guerras e conflitos agitação civil
Ver comentários
}