Lixo da Malásia entre os mais de 200 quilos recolhidos em praia de Viana

"Vassouras, molas da roupa, peças de fogo de artifício e seringas" constam entre os resíduos.
Por Lusa|11.10.18
Lixo com origem na Malásia, Alemanha e Espanha está entre os 200 quilogramas recolhidos em 2017 na praia do Cabedelo, Viana do Castelo, no âmbito de um projeto de monitorização do lixo marinho, avançou esta quinta-feira a Câmara local.

Contactada pela agência Lusa, fonte autárquica adiantou, com base em dados recolhidos pelo Centro de Monitorização e Interpretação Ambiental (CMIA) de Viana do Castelo, que entre os 200 quilos de resíduos constam "vassouras, molas da roupa, peças de fogo de artifício, seringas, tampões auriculares, frasco para análises clínicas, cotonetes, fita de identificação do hospital, entre outros artigos".

No total, "os 200 quilos de resíduos recolhidos naquela praia incluíam 6.100 materiais para catalogação".

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!