Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
7

Londres anuncia retirada do Ulster

A Inglaterra estabeleceu esta segunda-feira um plano de redução das tropas britânicas e o desmantelamentodas instalações militares num prazo de dois anos na Irlanda do Norte.
1 de Agosto de 2005 às 16:41
Londres alivia pressão militar no Ulster
Londres alivia pressão militar no Ulster FOTO: d.r.
Esta plano revelado num comunicado do Ministério Britânico na Irlanda do Norte segue-se à declaração do IRA que na passda quinta-feira anunciou o fim do braço armado pela unidade da Irlanda, pondo assim fim a 35 anos de luta armada e renunciando a qualquer forma de violência.
A partir de Agosto de 2007, será suprimido o Regimento Real Irlandês (RIR), o único regimento da Irlanda do Norte do exército britânico.
Em declrações, o secretário de estado da Irlanda do Norte, Peter Hain afirmou que "após o anúncio do IRA estamos a movimentarmo-nos rapidamente para iniciar este processo".
De acordo com os planos a implementar nos próximos dois anos, o exército irá desmantelar mais de oito torres de vigia ao longo da fonteira irlandesa e irá remover um dos postos de observação montados no topo de um apartamento residencial, em Belfast.
A polícia começará a patrulhar sem o uso de veículos blindados e a Inglaterra vai reduzir para metade o número de tropas em Ulster.
A supressão do RIR deverá suscitar uma reacção crítica da parte dos protestantes, favoráveis à manutenção da Irlanda do Norte no seio do Reino Unido. Até 2007, os efectivos militares britânicos estacionados na Irlanda do Norte deverá passar de 10.500 homens para 5.000.
Ver comentários