Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

LONDRES QUER CONTACTAR SEQUESTRADORES

As autoridades britânicas pretendem estabelecer contacto com os sequestradores do engenheiro Kenneth Bigley, de 62 anos, raptado na capital iraquiana, Bagdad, juntamente com dois norte-americanos que acabaram por ser decapitados.
30 de Setembro de 2004 às 11:01
Jack Straw
Jack Straw FOTO: d.r.
O ministro dos Negócios Estrangeiros britânico, Jack Straw, fez saber que o governo de Londres deseja ouvir o que os sequestradores tenham para dizer, realçando, contudo, que não haverá lugar a negociações ou ao pagamento de qualquer resgate.
Esta declaração ocorre depois de Kenneth Bigley ter dito num vídeo posto a circular na Internet que os seus sequestradores não pretendem matá-lo e chamar “mentiroso” ao primeiro-ministro britânico, Tony Blair, acusando-o de nada fazer para garantir a sua libertação.
“A política do governo mantém-se firme, não negoceia com sequestradores. Contudo, queremos a libertação de Bigley. Se os sequestradores contactarem connosco, é claro que escutaremos o que têm para dizer”, disse Jack Straw, depois de Blair ter prometido, ontem, responder de imediato a qualquer contacto feito pelos raptores.
Esta quinta-feira, a mulher do refém britânico voltou a pedir clemência aos sequestradores, depois de ter visto na televisão as imagens do novo vídeo posto a circular na Internet com a mensagem do marido. A tailandesa Sombat Bigley voltou também a pedir a Tony Blair que ajude a salvá-lo.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)