Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

Loretta Lynch é nova ministra da Justiça dos Estados Unidos

Os senadores aprovaram a indicação de Lynch por 56 votos contra 43.
23 de Abril de 2015 às 20:35
Lynch era desde 2010 procuradora federal no distrito leste de Nova Iorque
Lynch era desde 2010 procuradora federal no distrito leste de Nova Iorque FOTO: Reuters

O Senado dos EUA confirmou esta quinta-feira a procuradora federal Loretta Lynch como ministra da Justiça, sendo esta a primeira mulher negra a assumir o cargo.

Os senadores aprovaram a indicação de Lynch, de 55 anos, para a chefia do Departamento de Justiça por 56 votos contra 43.

Lynch era desde 2010 procuradora federal no distrito leste de Nova Iorque, onde supervisionou vários casos de corrupção, crime organizado e terrorismo.

O Presidente Barack Obama tinha-a nomeado em novembro para suceder a Eric Holder, mas a nomeação ficou refém de uma batalha entre a maioria republicana e a minoria democrata no Senado. 

Nos EUA, os membros do gabinete presidencial têm de ser aprovados pelo Senado. Numerosos republicanos estimam que a Justiça sob Obama assumiu um pendor político, apoiando designadamente a abordagem seguida em novembro pelo Presidente para regularizar provisoriamente milhões de imigrantes indocumentados.

O currículo de Loretta Lynch, porém, faz dela uma candidata irrepreensível, segundo os democratas, unânimes no apoio concedido, que têm denunciado desde há meses o empenho republicano em atrasar o voto de confirmação.

"O facto de a sua nomeação ter sido adiada pelos republicanos do Senado durante 167 dias, um recorde, é uma vergonha para o Senado dos EUA", afirmou o democrata Richard Durbin.

Senado dos EUA Loretta Lynch Departamento de Justiça Barack Obama Nova Iorque Senado
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)