Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

Los Angeles minimiza ameaça

O chefe da Polícia da cidade de Los Angeles considerou ontem “pura retórica” a ameaça de um ataque terrorista contra a cidade, feita no fim-de-semana através de um novo vídeo da al-Qaeda.
13 de Setembro de 2005 às 00:00
Novo vídeo da al-Qaeda
Novo vídeo da al-Qaeda FOTO: Abc News (Reuters)
“Nesta altura, consideramos que não passa de pura retórica. A ameaça visa instalar o medo, que é a arma mais poderosa dos terroristas”, afirmou William Barton, assegurando que a cidade não vai reforçar o seu nível de alerta.
Recorde-se que, no vídeo divulgado domingo, um alegado membro da al-Qaeda afirma, em inglês: “Ontem, Londres e Madrid. Amanhã, Los Angeles e Melbourne, se Deus quiser.” As autoridades acreditam que o autor da mensagem é Adam Gadahn, um norte-americano convertido ao Islão que aderiu à al-Qaeda.
As autoridades australianas parecem, por seu lado, ter levado a ameaça a sério, afirmando que estão a investigar, mas também não tencionam aumentar o nível de alerta.
Entretanto, os serviços secretos italianos admitiram, num relatório confidencial, a possibilidade de o país ser alvo de um “ataque terrorista nuclear” da al-Qaeda.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)