Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

Loucos marines

A veterana companhia ‘Kilo’, que alegadamente perpetrou o massacre de Haditha, no Iraque, tem como imagem de marca um comportamento indisciplinado e extremamente violento.
7 de Junho de 2006 às 00:00
Destruição americana no Iraque
Destruição americana no Iraque FOTO: EPA
Afinal, aquele destacamento de ‘marines’ acusado da morte de 24 civis iraquianos é tudo menos um exemplo de uma força militar competente e profissionalizada.
De acordo com a revista ‘News- week’, a companhia era ‘regida’ por uma indisciplina total.
Segundo a mulher de um sargento daquele destacamento de ‘marines’, “é mais provável que esses rapazes estivessem cheios de ‘speeds’ ou de alguma outra substância quando dispararam sobre civis em Haditha”. O que não é nada de espantar, uma vez que no Vietname era álcool e, no próprio Iraque, drogas sintéticas.
O comportamento da companhia ‘Kilo’, que tem um historial impressionante na II Guerra Mundial, Coreia e Vietname, é deveras lamentável. “Enfia uma bala na cabeça de quem tiver um telemóvel”, afirmou, em Novembro de 2004, uma das mais altas patentes da companhia quando se dirigia aos soldados, pouco antes do assalto a Faluja, então nas mãos dos extremistas. Nesta operação militar, um elemento da companhia ‘Kilo’ foi filmado a disparar contra a cabeça de um iraquiano desarmado e, ainda por cima, ferido.
Em Faluja, a companhia perdeu 17 homens em dez dias e o moral das tropas ficou de rastos. No entanto, ao que tudo indica, o moral já era baixo antes do assalto àquela cidade. Para se ter uma ideia da ‘indisciplina militar’ daquele destacamento de ‘marines’, refira-se que, nas vésperas do assalto, realizou-se uma corrida de cavalos, durante a qual os soldados, vestidos com togas, ouviam ‘heavy metal’.
Vários elementos da companhia ‘Kilo’ estão a ser investigados pelo alegado envolvimento no massacre de Haditha, onde em Novembro do ano passado foram assassinados a sangue frio 24 civis iraquianos.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)