Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

Lula da Silva sonha com casamento após cumprir pena de prisão

Casal até já escolheu os padrinhos.
Domingos Grilo Serrinha e correspondente no Brasil 12 de Outubro de 2019 às 18:21
Lula da Silva
Lula da Silva
Lula da Silva
Lula da Silva
Lula da Silva
Lula da Silva
Lula da Silva
Lula da Silva
Lula da Silva

Mesmo condenado por corrupção a duas sentenças que somam mais de 21 anos de cadeia e preso desde 7 de abril do ano passado numa cela da Superintendência da Polícia Federal na cidade de Curitiba, capital do estado do Paraná, sul do Brasil, o ex-presidente brasileiro, Lula da Silva, não deixou de fazer planos, nem mesmo no campo pessoal.

Apaixonado pela socióloga Rosângela da Silva, de aproximadamente 40 anos, Lula, de 74, e que é viúvo desde 2017, anunciou que pretende casar assim que for libertado.

"Sou um homem de 74 anos mas sinto-me com a energia de um homem de 30. E pretendo casar quando sair daqui", refeiu Lula em entrevista à emissora francesa de televisão France 24 que foi ao ar na França na noite desta sexta-feira.

O casal já escolheu os principais padrinhos. Serão o cantor, compositor e escritor Chico Buarque de Hollanda e a doutora em direito internacional Carol Proner.

Lula e Janja, como Rosangela é tratada por ele e pelos mais próximos, conheceram-se há vários anos, quando o veterano político viajava por todo o Brasil contactando com os habitantes das mais diversas regiões. Cultivaram durante anos uma amizade conhecida pelos mais próximos e há cerca de um ano descobriram que estavam apaixonados, segundo amigos de ambos.

Rosângela trabalha há 16 anos na Itaipu Bi-Nacional, a empresa responsável pela gestão da gigantesca Hidroeléctrica Itaipu, localizada no oeste do Paraná, que fornece energia para o Paraguai e boa parte do Brasil. A socióloga visita Lula assiduamente na cela deste em Curitiba, e nos últimos meses começou a filtrar quem, além dela, pode visitar ou não o antigo governante, para o preservar e impedir o aproveitamento político das visitas por terceiros.

Se a decisão de se casarem já está certa, o mesmo não se pode dizer da data para o enlace. Lula já tem desde o mês passado o direito a cumprir o resto da primeira condenação em regime semi-aberto, numa cadeia ou até mesmo em casa, regime que lhe permitiria sair durante o dia para trabalhar e só se recolher à noite, mas ele não aceita esse benefício previsto em lei.

O antigo chefe de Estado diz que não aceitará nunca sair da prisão como um condenado beneficiado por bom comportamento e garante que só sai da prisão se for inocentado. Por isso, continua a travar uma incessante batalha nos tribunais, tendo já apresentado incontáveis dezenas de recursos nas mais diversas instâncias e com as mais variadas alegações de inocência e de irregularidades cometidas pelos que o acusaram e condenaram, mas até agora em vão.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)