Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

Lula leva Dilma a visitar África

A primeira viagem ao estrangeiro da presidente-eleita, Dilma Rousseff, não será aos EUA, Europa ou América Latina como fazem habitualmente os presidentes brasileiros recém-eleitos, mas a África e Ásia. Dilma irá na próxima semana a Moçambique e Coreia do Sul com Lula, que quer apresentá-la a líderes africanos da CPLP e aos grandes do G20, com quem se reunirá em Seul.
3 de Novembro de 2010 às 00:30
Dilma Rousseff vai acompanhar o ainda presidente do Brasil na primeira viagem de ambos ao estrangeiro após as presidenciais
Dilma Rousseff vai acompanhar o ainda presidente do Brasil na primeira viagem de ambos ao estrangeiro após as presidenciais FOTO: Ricardo Stuckert/Reuters

Lula fez questão absoluta da presença de Dilma na viagem, uma espécie de ‘baptismo’ para a sua sucessora, para a poder apadrinhar e aconselhar nas lides internacionais. E os destinos foram cuidadosamente escolhidos. Em Moçambique, Dilma dará os primeiros passos na aproximação política e comercial com África, principalmente a portuguesa, uma das prioridades do actual governo para os próximos anos, e em Seul conhecerá os mais importantes líderes mundiais.

Ontem, em Brasília, Dilma reuniu-se com assessores, definindo a equipa de transição, que vai preparar terreno para o novo governo. Esta terá à sua disposição, além de instalações, carros e seguranças do actual executivo, 1,2 milhões de euros para despesas. O seu coordenador é o ex-ministro das Finanças António Palocci, nome falado para ministro da Presidência, que, no entanto, foi vetado por Lula, que o considera demasiado forte e carismático, susceptível de fazer sombra à nova presidente.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)