Luso-venezuelano amarrado e executado a tiro

Imprensa local fala em vingança contra o católico e ativista político.
13.07.18
Luso-venezuelano amarrado e executado a tiro
Gabriel era um opositor do regime Foto Direitos Reservados
O luso-venezuelano Gabriel Mendonça de Sá foi encontrado morto na segunda-feira, amarrado, descalço e executado com quatro tiros na cabeça e tórax.

A vítima, de 33 anos, residia no município de El Hatillo, situado na área metropolitana de Caracas, capital venezuelana.

Era engenheiro de sistemas informáticos de profissão e terá sido assassinado, ao que tudo indica, um dia depois de ter saído para fazer uma caminhada.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!