Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
7

MADRID DESMENTE HAVER ESPANHÓIS REFÉNS NO IRAQUE

O Ministério da Defesa de Espanha desmentiu, esta quinta-feira, que soldados espanhóis estejam reféns de milícias xiitas no Iraque. Militantes do religioso radical Motqada al-Sadr anunciaram ontem ter feito reféns soldados da coligação, mas não especificaram as nacionalidades.
8 de Abril de 2004 às 11:26
Um assessor do próprio al-Sadr anunciou ontem, na cidade santa iraquiana de Najaf, que a milícia Exército Mehdi tinha feito reféns soldados estrangeiros da coligação liderada pelos EUA. O anúncio surgiu na sequência de três dias de intensos combates, com militantes xiitas a pegar em armas em todo o Iraque, devido à pressão judicial despoletada sobre o próprio al-Sadr.
Esta quinta-feira, segundo noticiou a Rádio TSF, a agência AFP revelou que soldados espanhóis estariam entre os reféns na posse do Exército Mehdi. A questão foi levantada pela agência Reuters junto do Ministério da Defesa em Madrid. A resposta do porta-voz deste ministério espanhol foi peremptória: “É mentira”.
O general Mark Kimmitt, responsável adjunto de operações do contingente norte-americano no Iraque, garantiu também que nenhum soldado em Najaf foi feito refém pelas milícias xiitas.
Ver comentários