Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Madrid: Milhares manifestam-se contra reforma laboral

Dezenas de milhares de manifestantes ocuparam este domingo as ruas de Madrid respondendo a um apelo de sindicatos espanhóis para um protesto contra a reforma laboral que, segundo eles, vai “acelerar a destruição de postos de trabalho”.

19 de Fevereiro de 2012 às 13:18
Em causa está a reforma aprovada no passado dia 11 de Fevereiro pelo Mariano Rajoy
Em causa está a reforma aprovada no passado dia 11 de Fevereiro pelo Mariano Rajoy FOTO: Reuters

Manifestações semelhantes estão previstas para 57 cidades de Espanha contra aquela reforma anunciada pelo governo conservador, com o objectivo de ajudar o país a sair da crise e de fazer diminuir o desemprego, que atinge os 22,85%.

Convocados pela UGT e pelas Comissões Operárias (CCOO), as duas grandes confederações espanholas, os manifestantes atravessaram o centro de Madrid com cartazes onde se podia ler "não à reforma laboral injusta, ineficaz, inútil" e "não à reforma e aos cortes orçamentais. Greve geral".

O governo de Mariano Rajoy aprovou no passado dia 11 de Fevereiro uma reforma para reanimar o mercado de trabalho, que inclui a diminuição das indemnizações por despedimento e medidas para estimular o emprego dos jovens.

A Espanha apresenta uma taxa de desemprego recorde no mundo industrializado.

Crise Económica Madrid Espanha Manifestação Desemprego Governo Espanhol Mariano Rajoy
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)