Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Mãe confessa homicídio de seis bebés

Uma francesa confessou ter matado seis recém-nascidos, que meteu em sacos de plástico na cave do edifício onde vive, revelou o procurador de Cherburgo. Os corpos, recorde-se, foram descobertos na passada quarta-feira à noite na cave de um edifício de Valognes, na região ocidental de França.
21 de Outubro de 2007 às 00:00
Polícia leva a homicida
Polícia leva a homicida FOTO: Jeqn Yves Desfoux, Epa
“O exame e a análise do conteúdo dos sacos plásticos permitiram verificar que se tratava de corpos de seis recém-nascidos”, declarou o procurador durante uma conferência de imprensa.
O magistrado indicou ainda que a mulher explicou aos investigadores que dera à luz sozinha e asfixiara cada recém-nascido “colocando a sua mão sobre a cara das crianças a fim de as impedir de respirar”. Dois deles foram também “estrangulados com um atilho”, precisou.
A mãe colocava depois os corpos num saco de plástico na cave. Céline, de 34 anos, foi anteontem apresentada ao final da tarde ao juiz de instrução que tem o seu caso e vai ser indiciada de assassínio de menores, precisou o procurador da República.
A jovem mulher, o amante e o antigo companheiro ficaram sob custódia policial depois da descoberta dos corpos.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)