Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

Mãe mata dois filhos à pancada em Espanha

Criança de cinco meses e de três anos e meio assassinadas. Pais foram detidos.
Cláudia Machado 16 de Março de 2019 às 01:30
María Gombau, suspeita de matar os filhos, foi detida num protesto em 2011
Polícia espanhola
Guardia Civil
María Gombau, suspeita de matar os filhos, foi detida num protesto em 2011
Polícia espanhola
Guardia Civil
María Gombau, suspeita de matar os filhos, foi detida num protesto em 2011
Polícia espanhola
Guardia Civil
A mãe da mulher suspeita de ter assassinado à pancada os dois filhos, de cinco meses e de três anos e meio, denunciou duas vezes o risco que as crianças corriam às autoridades do município de Godella, em Valência, Espanha.

As últimas diligências no âmbito da investigação à família foram feitas pouco antes dos homicídios, que terão ocorrido na noite de quarta para quinta-feira.

Os corpos de Rachel, de cinco meses, e do irmão, Amiel, de três anos e meio, foram encontrados enterrados a poucos metros da casa onde viviam ilegalmente com os pais, María Gombau e Gabriel Salvador. Apresentavam sinais de agressão.

A mulher, de 28 anos, terá sido a autora dos homicídios e o homem, que tem nacionalidade belga, é suspeito de, pelo menos, ter ajudado a ocultar os crimes. O casal tem problemas de toxicodependência e María já esteve a braços com a justiça por ter sido detida em 2011, durante um protesto do ‘Movimento 15-M’, contra o governo espanhol.

Os corpos só foram descobertos depois de a mãe revelar às autoridades onde se encontravam, ao fim de várias horas de interrogatório.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)