Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

Mãe vende filhos gémeos por 8235 euros para pagar contas

Pai das crianças recusou-se a ajudar a jovem a cuidar dos bebés.
Correio da Manhã 10 de Setembro de 2019 às 11:04
Mãe vende filhos gémeos por 8.235 euros para pagar contas
Mãe vende filhos gémeos por 8.235 euros para pagar contas FOTO: Getty Images

Uma mãe vendeu os filhos recém-nascidos por 8235 euros para pagar as dívidas do cartão de crédito e comprar um telemóvel. Os gémeos foram vendidos em setembro do ano passado, em Zhejiang, na China, duas semanas depois de nascerem.

Os detalhes do caso foram revelados na passada sexta-feira pela polícia da província de Zhejiang.

Ma, sobrenome pelo qual é conhecida a mãe dos bebés, vendeu os gémeos a duas famílias diferentes que viviam a mais de 692 quilómetros da sua casa, em Chinatown.

Os dois meninos nasceram prematuros e precisavam de ser mantidos em incubadoras. No entanto, duas semanas depois de dar à luz, a mãe entregou as crianças a troco de dinheiro.

De acordo com o Daily Mail, Ma vendeu um dos meninos por 5.698 euros e o outro por 2.537 euros.

A mulher tomou a decisão depois do parceiro, Wu, não ter aparecido no hospital para ajudar a tomar conta dos menores. Também os pais da jovem se recusaram a auxiliá-la.

Quando o parceiro de Ma descobriu da venda das crianças, pediu parte do dinheiro para pagar dívidas do jogo. Porém, o dinheiro já teria sido gasto.

De acordo com um comunicado das autoridades locais, o alerta foi dado em julho e a polícia formou duas equipas de investigação para localizar os irmãos.

Ambos os bebés foram retirados às famílias que os compraram e estão agora sobre a tutela dos avós.

Ma e Wu foram detidos depois das famílias que compraram os gémeos os terem devolvido.

O tráfico de crianças resulta numa pena que pode ir até 10 anos de prisão na China.

Ma Zhejiang China Wu família crianças questões sociais crime lei e justiça.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)