Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

Magistrados admitem greve contra declarações de Berlusconi

A Associação Nacional de Magistrados (ANM) da Itália anunciou esta quinta-feira que está disposta a fazer uma greve em forma de protesto contra as acusações de ontem do primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi, nas quais este afirmou que "a verdadeira anomalia" em Itália são os procuradores e juízes comunistas.
29 de Outubro de 2009 às 15:18
Napolitano critica Berlusconi
Napolitano critica Berlusconi FOTO: Tony Gentile/Reuters

Berlusconi falou num programa de televisão, onde acusou sobretudo os juízes de Milão, após a confirmação, por parte de um Tribunal daquela cidade, da condenação do advogado britânico David Mills por ter falsificado o seu testemunho em julgamentos para favorecer o primeiro-ministro.

Luca Palamara, presidente da ANM, afirmou que a secção do organismo em Milão decidiu pedir ao núcleo central da ANM a convocação de dois dias de mobilização.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)