Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
7

Milionário de Hong Kong condenado

Thomas Kwok foi condenado a cinco anos de cadeia por corrupção.
Francisco J. Gonçalves 23 de Dezembro de 2014 às 13:17
Thomas Kwok, 53 anos, foi considerado culpado de conspiração para ato danoso num cargo público
Thomas Kwok, 53 anos, foi considerado culpado de conspiração para ato danoso num cargo público FOTO: Tyrone Siu/Reuters

Um multimilionário de Hong Kong foi condenado nesta terça-feira a cinco anos de cadeia por corrupção. Thomas Kwok, antigo presidente da Sun Kung Kai Properties, maior empresa de construção daquele território autónomo chinês, foi condenado pelo crime de conspiração para ato ilícito em cargo público.

A empresa anunciou que Kwok, de 63 anos, vai recorrer da sentença, que o deu como culpado de oferecer cerca de um milhão de euros a Rafael Hui, antigo responsável governamental, em troca de informações sobre vendas de terrenos entre 2005 e 2007.

Hui, de 66 anos, enfrenta também uma pena de prisão, pois foi dado como culpado de cinco dos oito crimes que lhe eram imputados.

magnata hong kong thomas kwok cadeia milionário condenação
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)