Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

Mais de 100 detidos em protesto contra Putin em São Petersburgo

Cerca de 150 pessoas participaram na manifestação.
29 de Abril de 2017 às 20:20
Mais de 100 detidos em protesto contra Putin em São Petersburgo
Mais de 100 detidos em protesto contra Putin em São Petersburgo
Mais de 100 detidos em protesto contra Putin em São Petersburgo
Mais de 100 detidos em protesto contra Putin em São Petersburgo
Mais de 100 detidos em protesto contra Putin em São Petersburgo
Mais de 100 detidos em protesto contra Putin em São Petersburgo
Mais de 100 detidos em protesto contra Putin em São Petersburgo
Mais de 100 detidos em protesto contra Putin em São Petersburgo
Mais de 100 detidos em protesto contra Putin em São Petersburgo
Mais de 100 detidos em protesto contra Putin em São Petersburgo
Mais de 100 detidos em protesto contra Putin em São Petersburgo
Mais de 100 detidos em protesto contra Putin em São Petersburgo
Mais de 100 detidos em protesto contra Putin em São Petersburgo
Mais de 100 detidos em protesto contra Putin em São Petersburgo
Mais de 100 detidos em protesto contra Putin em São Petersburgo
A polícia russa deteve este sábado no centro de São Petersburgo mais de 100 pessoas que participavam num protesto não autorizado contra o presidente Vladimir Putin, indicou o movimento Rússia Aberta, organizador da manifestação.

"Segundo os nossos dados, foram detidas 103 pessoas", disse à agência Interfax um porta-voz da organização.

As autoridades da segunda cidade russa explicaram, num comunicado de imprensa, que "os agentes da polícia impediram ações ilegais de cerca de uma centena de pessoas que tentavam perturbar a ordem pública".

Segundo o Ministério do Interior russo, cerca de 150 pessoas participaram no protesto em São Petersburgo.

O protesto foi seguido noutras cidades da Rússia e pelo menos 20 manifestantes foram detidos na cidade de Tula, a 180 quilómetros de Moscovo, e outras três em Lipetsk, 450 quilómetros a sul da capital russa, segundo os organizadores.

A ação de protesto destinava-se a contestar a possibilidade de Putin se recandidatar a um novo mandato presidencial, que seria o quarto.

O presidente russo ainda não confirmou se vai recandidatar-se nas presidenciais previstas para março de 2018.
São Petersburgo Vladimir Putin Rússia Aberta Interfax Ministério do Interior presidente russo política
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)