Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

Mais de 900 feridos nos confrontos no Cairo

Mais de 900 pessoas ficaram feridas nos confrontos entre a polícia e os manifestantes na Praça Tahir, no centro da cidade do Cairo, no passado sábado, afirmaram fontes hospitalares, citadas pela agência Ria-Novostni.
20 de Novembro de 2011 às 12:48
Manifestantes exigem que os militares anunciem rapidamente uma data para entregar o poder a um governo eleito
Manifestantes exigem que os militares anunciem rapidamente uma data para entregar o poder a um governo eleito FOTO: EPA/KHALED ELFIQI

Os confrontos decorrem pelo segundo dia consecutivo, com os manifestantes a exigirem que os militares anunciem rapidamente uma data para entregar o poder a um governo eleito. A cadeia de televisão al-Jazeera informou que a violência estalou quando a polícia usou a força para desmantelar uma pequeno acampamento e atacou manifestantes pacíficos que tinham acampado no local durante a noite.

As forças de segurança usaram gás lacrimogéneo para dispersar alguns milhares de manifestantes na praça Tahir e nas ruas adjacentes, que devolviam a investida com o arremesso de pedras aos polícias.

Os confrontos deste domingo seguem-se a um sábado violento em que houve dois mortos, um em Alexandria e outro no Cairo. Noutros locais do país, têm também ocorrido confrontos havendo a registar no total centenas de feridos.

A tensão sobe no Egipto a menos de duas semanas do início das primeiras eleições parlamentares no país, após a deposição, a 11 de Fevereiro, do Presidente Hosni Mubarak.

Confrontos manifestantes Cairo Tahir feridos mortos
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)