Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

MAIS DE OITO MILHÕES APOIAM REGIME CUBANO

Um total de 8.165.320 pessoas dos 11 milhões de habitantes de Cuba apoiaram uma proposta de reforma constitucional impulsionada pelo presidente Fidel Castro e por oito organizações sociais, com o objectivo de declarar “intocável” o regime socialista de partido único no país.
19 de Junho de 2002 às 14:52
De acordo com o secretário-geral da Central de Trabalhadores de Cuba, Pedro Ross, o resultado deste plebiscito sem precedentes, que ontem terminou, representa 98,97 por cento dos possíveis votantes e expressa “a defesa do carácter socialista e intocável da Revolução”.

Após ter subscrito o documento, Fidel Castro afirmou que “o domínio imperialista e o sistema capitalista jamais retornarão a Cuba”, numa resposta aos discursos do presidente norte-americano, George W. Bush, a defender a introdução de reformas democráticas em Cuba.

Recentemente, os principais dissidentes cubanos fizeram chegar a Havana um documento com mais de 11 mil assinaturas, a pedir a realização de um referendo sobre a necessidade de ocorrerem mudanças políticas em Cuba.

Esta iniciativa, denominada “Projecto Varela”, foi tornada pública durante a visita do ex-presidente dos EUA, Jimmy Carter, à ilha, em Maio último. Recentemente, Bush apoiou o projecto, assegurando que não levantaria o embargo a Cuba sem a implementação de reformas democráticas.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)