Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

Mais de 40 países em coligação contra Estado Islâmico

Os Estados Unidos estão envolvidos no conflito com o EI desde 8 de agosto e já realizaram 148 ataques aéreos.
9 de Setembro de 2014 às 19:21
Jornalista indonésio manifesta-se contra o Estado Islâmico
Jornalista indonésio manifesta-se contra o Estado Islâmico

Os Estados Unidos vão de novo assumir a liderança de uma coligação militar internacional para deter o avanço e derrotar no terreno o Estado Islâmico (EI), a organização islamita que controla vastos territórios no Iraque e na Síria. 

Os 'jihadistas' do EI, ainda referidos pelos responsáveis norte-americanos pelo antigo acrónimo Estado Islâmico do Iraque e do Levante (ISIS ou ISIL), são acusados da morte de milhares de pessoas e proclamaram um califado muçulmano no Médio Oriente.

Segundo o Departamento de Estado norte-americano, mais de 40 Estados - na maioria potências ocidentais e aliados do Médio Oriente - já se comprometeram em participar na coligação, apesar de apenas 25 países terem sido designados. Os restantes poderão colaborar de forma mais discreta em diversas áreas: informações, apoio militar, luta contra o recrutamento e as redes financeiras do EI.

Os Estados Unidos Estado Islâmico
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)