Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

Maliki apedrejado durante visita a bastião xiita

A caravana do primeiro-ministro Nuri al-Maliki foi ontem apedrejada durante uma visita do líder de governo ao bairro xiita de Sadr City, palco, na quinta-feira, do mais sangrento massacre desde o início da guerra no Iraque, em 2003.
27 de Novembro de 2006 às 00:00
Maliki teve que ser protegido pela segurança
Maliki teve que ser protegido pela segurança FOTO: Mohammed Ameen, Reuters
Maliki visitava o bairro para homenagear os mais de 220 mortos dos atentados quando dezenas de habitantes o cercaram, acusando-o de responsabilidade pelo banho de sangue.
Numa mensagem televisiva, Maliki apelou à concórdia nacional e responsabilizou as divisões políticas pela violência. Por isso referiu que têm de perceber “que não há vencedores nem vencidos nesta batalha”.
Recorde-se que o chefe de governo deverá encontrar-se esta semana com o presidente George W. Bush na Jordânia, o que levou os radicais xiitas do governo iraquiano a ameaçarem demitir-se. Paralelamente terá lugar no Cairo a reunião de delegações de nove países vizinhos do Iraque.
A violência reclamou ontem mais seis vidas num atentado a sul de Bagdad e na capital repetiram-se os disparos de morteiros sobre áreas residenciais.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)