Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

MANCHA NO MURO DAS LAMENTAÇÕES

Uma mancha de água que surgiu esta semana numa pedra do Muro das Lamentações está a intrigar os israelitas e atrair curiosos.
4 de Julho de 2002 às 21:51
Os mais pragmáticos, em que se incluem arqueólogos, admitem tratar-se de uma preocupante fuga de água. Efectivamente a mancha -- com cerca de 40 centímetros por 10 -- poderá ter aparecido na sequência de uma infiltração devido a problemas nos canos de água. Alguns ortodoxos, porém, encontram uma interpretação mais mística: é um sinal da chegada do Messias. Tanto mais que apareceu duas semanas antes do Tisha B’Av, em que os judeus assinalam, com um jejum de 25 horas, a destruição do templo, no ano 70, de que resta apenas o Muro. A mancha húmida, que não seca, vai ser investigada assim que haja o acordo das autoridades islâmicas que administram o complexo das mesquitas junto ao Muro.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)