Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Mancha tóxica ameaça 15 cidades brasileiras

Rebentamento de barragens fez um morto e 25 desaparecidos.
Domingos Grilo Serrinha e correspondente no Brasil 8 de Novembro de 2015 às 13:57
Bombeiro tenta salvar um cavalo arrastado pela torrente de lama contaminada
Bombeiro tenta salvar um cavalo arrastado pela torrente de lama contaminada FOTO: Ricardo Moraes / Reuters
A imensa maré de lama tóxica causada pelo rebentamento, na quinta-feira, de duas barragens de resíduos ferrosos em Mariana, no estado brasileiro de Minas Gerais, já atingiu 15 cidades e ameaça causar um desastre ambiental de enormes proporções.

Para além da tragédia humana – um morto confirmado e pelo menos 25 desaparecidos –, a tragédia ambiental é gigantesca, conta o presidente da Câmara de Rio Doce, uma das cidades atingidas.

"Há milhares de peixes mortos, quilómetros de matas destruídos, lama fétida por todo o lado", relata Silvério da Luz, descrevendo a destruição que os 62 milhões de metros cúbicos de lama contaminada com resíduos da mineração de ferro, que vazaram das barragens, estão a provocar na região. No sábado, centenas de bombeiros, polícias e militares continuavam as buscas pelos desaparecidos.


Minas Gerais Brasil mancha tóxica barragens resíduos ferrosos mortes desaparecidos
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)