Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

Manifestação silenciosa lembra Chernobyl

Centenas de activistas franceses juntaram-se este sábado numa marcha silenciosa na cidade portuária de Cherburgo. Os ambientalistas, que evocaram a memória das vítimas do desastre na central nuclear ucraniana de Chernobyl, a 26 de Abril de 1986, protestam contra as intenções governamentais em criar a primeira de uma série de novos reactores nucleares.
15 de Abril de 2006 às 18:15
A Franca é um dos países do mundo mais dependente do nuclear, sendo que assegura a produção de 80 por cento da sua electricidade. Apesar do novo tipo de central ser anunciado como sendo mais eficiente, seguro e amigo do ambiente do que os modelos actuais, os ambientalistas franceses defendem que a energia nuclear é perigosa e que o desenvolvimento de uma nova geração de centrais atrasará a procura de fontes alternativas de energia.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)