Maquinista do metro de Madrid agredida sexualmente

Grupo de jovens embriagados molestou mulher que estava a trabalhar.
30.05.17

Uma maquinista do metro de Madrid foi agredida sexualmente na madrugada do passado domingo enquanto trabalhava na capital espanhola. Os suspeitos são jovens que estariam embriagados na altura do ataque.

Tudo se terá passado, conta o site 20 Minutos, na linha 7B, entre as estações de La Rambla e San Fernando de Henares. A mulher foi "humilhada e apalpada".

As acusações, tornadas públicas pelo sindicato dos maquinistas daquela rede de metro, referem ainda que os jovens terão carregado repetidamente no botão de emergência, chamando assim a atenção da trabalhadora.

Ao tentar resolver a situação e continuar a viagem, a maquinista foi ao local ter com os suspeitos. Foi nesta altura que o grupo atacou a mulher.

A maquinista fez queixa de agressão sexual. 

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!