Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

Marcelo avisa Guiné Equatorial que sem fim da pena de morte não assume presidência

Presidente afirma que o Estado de Direito terá de ser respeitado.
Lusa 16 de Julho de 2021 às 14:41
Marcelo Rebelo de Sousa
Marcelo Rebelo de Sousa FOTO: Lusa
O Presidente da República enviou este fim de semana um aviso à Guiné Equatorial, advertindo que será muito difícil um Estado-membro Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP) assumir a presidência se não respeitar "suficientemente" o Estado de Direito.

Marcelo Rebelo de Sousa deixou este aviso em resposta a questões formuladas por jornalistas, depois de questionado se falou com o Presidente de Angola, João Lourenço, esta sexta-feira, sobre o facto de a Guiné Equatorial continuar sem abolir a pena de morte.

Ver comentários