Massacre em mesquitas da Nova Zelândia mata dezenas de muçulmanos

Terrorista filmou e transmitiu o ataque em direto no Facebook.
Por F.J.G.|16.03.19
  • partilhe
  • 0
  • +
Um ataque a duas mesquitas de Christchurch, na Nova Zelândia, fez esta sexta-feira 49 mortos e mais de 40 feridos. O autor do ataque é um supremacista branco australiano que filmou e transmitiu em direto, no Facebook, as imagens do massacre.

Identificando-se como Brenton Tarrant, de 28 anos, o atirador publicou na internet um longo manifesto de 74 páginas no qual se descreve como "fascista e etnonacionalista" [peça ao lado].

As imagens do vídeo mostram o atirador no carro, enquanto ouve música nacionalista sérvia. Depois de estacionar, retira uma arma automática da bagageira e começa a disparar à entrada da mesquita Al-Noor. Continua a disparar no interior e persegue os fiéis que escapam da sala principal de oração para as salas laterais. Quando fica sem munições volta ao carro, pega em novas armas e volta para balear sobreviventes feridos. Ao todo mata 41 pessoas.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!