Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

Mata avó por o obrigar a ir a escola

Jovem de 14 anos matou mulher de 60 a tiro.
Pedro Zagacho Gonçalves 25 de Agosto de 2016 às 13:51
Hunter Riley Reeser será julgado como um adulto
Hunter Riley Reeser será julgado como um adulto FOTO: Direitos Reservados

Um jovem de 14 anos, natural de Harborcreek Township, no estado norte-americano da Pennsylvania, está acusado de matar a própria avó a tiro, durante uma discussão sobre a ida do rapaz às aulas.

Hunter Riley Reeser está preso preventivamente, sem hipótese de saída sob caução e aguarda julgamento. A polícia apurou que o jovem atingiu a avó de 60 anos na cabeça e depois ligou ao avô, afirmando que a tinha encontrado já ferida em casa. Depois ligou para o 112 (911 nos EUA) e assumiu que tinha sido ele a disparar a arma.

Durante o interrogatório, o jovem confessou à polícia que matou a avó porque esta o queria obrigar a ir à escola, para uma atividade extracurricular não especificada.

Acusado de homicídio qualificado, o jovem será julgado como um adulto, uma vez que assim está previsto na lei do estado da Pennsylvania. Mesmo que os advogados do jovem tentem mudar as acusações para o tribunal juvenil, os procuradores responsáveis pelo caso já disseram que se vão opor.

Harborcreek Township Pennsylvania Hunter Riley Reeser EUA crime lei e justiça crime tribunal mata mata avó
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)