Sub-categorias

Notícia

Mata mulher após dizer que era "o Diabo" no Facebook

Filha encontrou os cadáveres do pai e da madrasta.
14.03.18

Stephen Arnold, de 55 anos, suicidou-se após esfaquear a esposa, Karen, até à morte. Horas antes do crime, o assassino terá publicado mensagens violentas no Facebook, apelidando a mulher de "O Diabo". Os cadáveres foram encontrados pela filha do homem, Leanne Arnold, que estranhou as publicações às três da madrugada. O crime ocorreu na casa do casal em Lincolnshire, no Reino Unido.

De acordo com o jornal The Sun, Stephen estava a recuperar de uma overdose de álcool e drogas e tinha saído do hospital dois dias antes de cometer o crime.

Segundo o relatório da investigação, o homem foi aconselhado a permanecer mais tempo no hospital devido aos comentários paranóicos que fazia durante o tratamento.

Stephen afirmava que estava a ser envenenado e que os outros pacientes estavam a tentar partir os seus braços e pernas.

Leanne contou às autoridades que o comportamento do pai não melhorou após regressar a casa e que estava a tentar arranjar ajuda psicológica para o progenitor. O homem desconfiava que a habitação estava sob escuta e que toda a gente estava a planear a sua morte.

A jovem estava bastante preocupada com a segurança do pai e retirou todas as facas existentes na habitação antes de Stephen regressar a casa.

Segundo a equipa que acompanhou o criminoso durante o internamento, Stephen confidenciou que estava deprimido por ter perdido o trabalho meses antes.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!