Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Mata o pai que a violou durante 40 anos e esconde corpo no jardim

Mulher de 63 anos chegou a dar à luz um filho do próprio pai.
12 de Julho de 2018 às 09:43
Mata o pai que a violou durante 40 anos e esconde corpo no jardim
Mata o pai que a violou durante 40 anos e esconde corpo no jardim
Mata o pai que a violou durante 40 anos e esconde corpo no jardim
Mata o pai que a violou durante 40 anos e esconde corpo no jardim
Mata o pai que a violou durante 40 anos e esconde corpo no jardim
Mata o pai que a violou durante 40 anos e esconde corpo no jardim
Barbara Coombes, de 63 anos, confessou ter matado o próprio pai e ter escondido o cadáver no quintal durante cerca de uma década. De acordo com o processo que consta em tribunal, a mulher foi alegdamente violada centenas de vezes pelo progenitor e até chegou a dar á luz um bebé seu, que morreu poucos dias após ter nascido.

A vítima atacou o pai Kenneth Combes até à morte, na altura com 87 anos, depois de descobrir imagens sexualmente explicítas de uma criança na sua casa. Barbara golpeou o pai na nuca com uma pá, até o deixar inconsciente. Acabou por esconder o corpo no quintal da sua casa, facto que conseguiu esconder durante 12 anos.

"Esté dos casos mais trágicos que já assisti. Esta senhora, que sempre foi boa pessoa, matou o próprio pai após 40 anos de abusos sexuais, mentais e físicos. Foi violada centenas de vezes e foi tratada todo esse tempo como uma escrava sexual. É claro como a água que ela não aguentou a pressão", disse em tribunal o advogado da mulher.

O crime foi descoberto no ano passado quando uma associação de moradores local decidiu ir visitar o idoso, que suspostamente teria 99 anos, mas que já não era avistado há muito pelos vizinhos. Foi então que a filha começou por rejeitar as visitas, levantando fortes suspeitas. Foi levada pela polícia no dia seguinte, onde acabou por confessar tudo.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)